quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Porto: Assembleia anual do ANIMAG vai reflectir a identidade do missionário, hoje

.
Aproxima-se a Assembleia nacional, anual, dos Animadores Missionários Ad Gentes (ANIMAG). A deste ano vai decorrer entre os dias 17 a 20 de Novembro, na Casa diocesana do Vilar, no Porto.

A equipa de preparação aponta como objectivos principais desta Assembleia:

- Reunir todos os animadores missionários de todos os Institutos IMAG (Institutos Missionários Ad Gentes).
- Estudar “Animadores missionários hoje: o que somos e o que fazemos?”
- Avaliar e planear em conjunto.

Para nos ajudar a ‘esmiuçar’ estes temas vai estar presente D. Manuel Clemente, Bispo do Porto, diocese anfitriã do encontro ANIMAG deste ano e que realiza o projecto pastoral diocesano “Missão 2010”

Outro dos intervenientes vai ser o bispo auxiliar de Braga e presidente da Comissão Episcopal de Missões, D. António Couto, que ajudará a Assembleia a reflectir o tema: “Vive a Missão – Animação Missionária em Portugal”.

A partir da formação, reflexão, debate e partilhas, a direcção do ANIMAG propõe que este encontro aponte horizontes concretos para a acção missionária em Portugal.

Os ANIMAG, recordamos, são os missionários e missionárias que, dentro dos IMAG, se dedicam à animação missionária em Portugal.

Veja e faça o download do programa do Encontro e Ficha de inscrição AQUI.
.

domingo, 25 de outubro de 2009

África, levanta-te!


África, levanta-te, pega na tua enxerga e anda! (Jo 5,8)

A II Assembleia Especial para a África do Sínodo dos Bispos terminou.
Fica a extensa Mensagem Final que todos os animadores missionários deveríamos ler.
Para melhor compreender África, com os novos desafios que se lançam à Igreja daquele continente, sobretudo no campo da evangelização, da justiça e paz, da promoção humana.
Sem dúvida que, especialmente para os missionários/as, esse é um continente que muito nos diz, nos interpela e nos desafia.
Lê a mensagem AQUI.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Por uma Igreja mais missionária

2008 foi um ano grande para a Missão em Portugal. Em pleno Ano Paulino foi celebrado o I Congresso Missionário Nacional, com mais de mil participantes. Em declarações à Agência ECCLESIA, o presidente da Comissão Episcopal das Missões, D. António Couto, fala do percurso percorrido desde então e dos desafios que a semente do Evangelho deposita no coração da Igreja.

Vale a pena ler toda a entrevista, AQUI.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Ora e celebra o Mês das Missões

Começa o mês de Outubro. Para nós, católicos, mais que o 10º mês do calendário é um mês directamente vinculado à dimensão missionária da Igreja, sobretudo, devido ao Dia Mundial das Missões, celebrado este ano a 18 de Outubro.

Com o objectivo de ajudar os cristãos a viverem melhor a dimensão missionária da sua vivência cristã, os Institutos Missionários Ad Gentes (IMAG), com o apoio da Comissão Episcopal de Missões e das Obras Missionária Pontifícias, preparam, desde há 12 anos, um itinerário de vida e de missão para as comunidades cristãs.

Mais conhecido como Guião Missionário, o de 2009 tem como tema “Missão: testemunho e serviço”. É um pequeno livro, de 80 páginas, que pode ser pedido directamente às Obras Missionárias Pontifícias, mas que já foi distribuído pelas Dioceses, paróquias e Institutos Missionários Ad gentes.

O Guião apresenta textos para cinco semanas, com Reflexões, a Vigília Missionária, as Meditações das Leituras Dominicais, o Rosário, a Via-Sacra e as Preces Diárias.

Este ano o Guião introduz alguns elementos novos: propostas para a aplicação das Conclusões do Congresso Missionário realizado em 2008, uma interpelação do Instrumento de Trabalho do II Sínodo Africano, um texto sobre as Alterações Climáticas e a Pobreza, uma reflexão sobre o Ano Sacerdotal que a Igreja está a celebrar.

Na página 4 são apresentados os objectivos específicos deste Guião que, por serem importantes, transcrevemos aqui.

FINALIDADE DESTE GUIÃO

1. Dinamizar o mês de Outubro através de reflexões, momentos de oração e celebrações de modo a torná-lo um mês especialmente dedicado à Missão.

2. Oferecer material de reflexão, oração e acção para o encontro semanal do grupo, movimento ou comunidade – escolher o dia e hora mais conveniente. É de toda a vantagem que a reflexão realizada e o compromisso assumido pelo grupo sejam partilhados com a comunidade paroquial no âmbito da Eucaristia dominical.

3. Orientar as comunidades para a participação activa na Vigília Missionária e na celebração do Dia Missionário Mundial.

4. Aprofundar o espírito e a prática da oração paroquial, comunitária, familiar e pessoal – com preocupações universais – nomeadamente através das «preces diárias».

5. Sensibilizar as comunidades eclesiais, no sentido de despertarem vocações consagradas e laicais para o serviço missionário universal.

6. Criar uma consciência viva de solidariedade, comunhão e cooperação entre as Igrejas, através de propostas de estilos de vida simples, seguindo critérios de sobriedade alegre e fraterna partilha de bens.

7. Motivar o conhecimento da realidade missionária de modo a descobrir o entusiasmo e vitalidade das jovens Igrejas assim como os valores das outras culturas.

8. Propor atitudes e gestos que levem a um maior espírito de abertura, diálogo, colaboração e compreensão entre as pessoas, grupos e comunidades.

9. Favorecer um maior conhecimento, colaboração, entreajuda e partilha entre os cristãos, comunidades, associações missionárias laicais, instituições missionárias diocesanas e institutos missionários.

10. Promover, na Igreja e na sociedade em geral, a participação activa em acções e campanhas que visem a dignidade de todas as pessoas, a solidariedade para com os mais pobres, excluídos e injustiçados, e a proposta de causas a favor da justiça e da paz entre pessoas, grupos e nações.

Não deixes passar o mês missionário em branco.

Faz AQUI o download do Guião deste ano.