quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

REUNIÃO DO SECRETARIADO ANIMAG


No dia 16 de Janeiro de 2013, reuniu, em Fátima, o secretariado ANIMAG. Fomos acolhidos pelos Missionários  Verbo Divino. Foi a nossa primeira reunião deste ano, e também a primeira reunião com a nova Direção do ANIMAG, que foi eleita no decorrer da Assembleia anual, a saber: Presidente: Pe. Victor Dias, Missionários Combonianos; Vice-Presidente: Ir. Mª da Conceição Pena, Irmãs Franciscanas de Nª Sª das Vitórias; Secretária: Ir. Glória Lopes, Irmãs Missionárias do Espírito Santo; Tesoureiro: Pe. António Augusto de Sousa, Sacerdotes do Coração de Jesus.

Estavam presentes membros de vários Institutos que pertencem ao Secretariado ANIMAG, o Representante da Rede Fé Justiça Europa África e o Pe. David, da Diocese de Leiria Fátima Diretor das Obras Missionarias Pontificais na Diocese e coordenador do Grupo Missionário Diocesano  Ondjoyetu.

Na nossa agenda de trabalhos esteve a avaliação da Assembleia Anual, que se realizou no passado mês de Novembro. Este é sempre um momento que marca a vida e o ritmo da caminhada do ANIMAG. Tomando em consideração algumas das propostas saídas da Assembleia debruçámo-nos sobre elas, nomeadamente os subsídios para o acompanhamento dos Grupos Missionários, assim como a elaboração de um desdobrável para apresentarmos de forma mais clara e objetiva o que são  os Grupos Missionários Paroquiais. Para a elaboração deste desdobrável ficou encarregada uma equipa: Pe. António Farias, Irmã Fernanda Martins, Irmã Isabel Sousa.
Em relação aos susbsídios para acompanhamneto dos Grupos Misisonários, o Pe. Victor Dias ficou de contactar as OMP, e ver a melhor maneira de distribuir o subsidio que já existe para a animação missionária.
Foram também assunto do na nossa partilha e reflexão as várias atividades que estão programadas, e outras em programação, pelas quatro Zonas do ANIMAG.

Os desafios da missão continuam a ser muitos, e em diversas frentes. Precisamos de muita dedicação, empenho, constância e de dar as mãos com todas as forças vivas da Igreja.