sexta-feira, 15 de novembro de 2013

ASSEMBLEIA ANUAL ANIMAG


De 05 a 08 de Novembro, os Institutos Missionários Ad gentes realizaram a sua Assembleia Anual. Reunimo-nos na Casa de Retiros São José, Diocese de Lamego, num total de 45 membros de 18 institutos missionários. Tivemos connosco, para nos ajudar na reflexão dos temas o Senhor D. António Couto, Bispo de Lamego.  Da reflexão que nos apresentou e dos desafios que nos lançou,
deixo aqui alguns.

A missão é confiada a uma Igreja discípula, reunida á volta de um único Mestre, Jesus Cristo, cuja autoridade soberana e nobre assenta na familiaridade e na proximidade. Nós somos enviados a ensinar, como discípulos, nunca como mestres. Não ensinamos nada de próprio, nem por conta própria. Os discípulos de todos os tempos são chamados a ir. Indo são chamados a não ficar aqui ou ali, nem ficar assim. O grande desafio é mudar de lugar e de modo. O grito que continua a vir das pessoas é sempre o mesmo: “nós queremos ver Jesus”. Temos de nos sentar com as pessoas, como Jesus, com a Samaritana na beira do poço. Este trabalho requer uma conversão da nossa parte.

Na tarde do dia 06 deslocámos-mos a Aguiar da Beira para, em data aniversaria da morte da missionária leiga, Idalina Gomes, assassinada em Moçambique a 6 de Novembro de 2006, prestarmos a nossa homenagem em comunhão com os familiares, a Paróquia de Aguiar da Beira e os Leigos para o Desenvolvimento. 


 A concluir os trabalhos, na manhã de Sexta-feira, foram partilhadas as atividades já realizadas e as que estão programadas e em programação para novo ano pastoral.

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

ASSEMBLEIA ANUAL ANIMAG

De 05 a 08 de Novembro vai realizar-se a Assembleia Anual dos Animadores dos Institutos Missionários ad Gentes (ANIMAG). Vai decorrer na Casa Diocesana de S. José, em Lamego, com o seguinte programa:
 
 Dia 5 – 3ª feira:

            17:00 – Acolhimento e recepção

            20:00 – Jantar

            21:00 – Apresentação dos presentes, do programa e partilha dos materiais audio visuais


Dia 6 – 4ªfeira 

            08:00 – Laudes

            08:30 – Pequeno-almoço

09:30 – “O sonho de uma Igreja missionária do Papa Francisco: incidências/consequências para as igrejas locais e institutos missionários” por D. António Couto

10:45 – Intervalo (café)

11:15 – Continuação do tema

            13:00 - Almoço

14:30 – Partida para Fonte Arcadinha, Aguiar da Beira, terra da Idalina Gomes, onde teremos a eucaristia ás 18:30, seguida de convívio com a família.
 Regresso a Lamego ao fim do dia
 

Dia 7 – 5ªfeira

            08:00 – Laudes

            08:30 – Pequeno-almoço

09:15 – “As novas linguagens da Nova Evangelização” D. António Couto

10:55 – Intervalo

11:15 – Continuação do tema… diálogo

13:00 - Almoço

15:00 – Comunhão /partilha/diálogo com a diocese de Lamego: P. Duarte Sousa Lara (Comissão para a Missão e Nova Evangelização), e Cónego Manuel Leal (Director Diocesano das OMP)

16:30 – Intervalo (merenda)

17:00 – Reunião das 4 zonas do Animag

19:00 - Eucaristia

20:00 – Jantar

21.00 – Castanhas e convívio  

Dia 8 – 6ªfeira

            08:00 – Laudes

            08:30 – Pequeno-almoço

09:15 – Assembleia ANIMAG: Semanas missionárias ou outras ações (fins-de-semana) / 4 Zonas: partilha de programa… desejos e desafios

            10:30 - Intervalo

            11:00 - Continuação da assembleia

            12:00 – Eucaristia presidida por D. António Couto

            13:00 – Almoço… despedida

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

SEMANA MISISONÁRIA EM MONTEMOR-O-NOVO


O site da Arquidiocese de Évora dá notícia semana Missionária Organizada pelo zona 4 em Montemor o-Novo:
"De 26 de Outubro a 3 de Novembro, a Unidade Pastoral de Montemor-o-Novo acolhe uma Semana Missionária, que será realizada por um grupo de missionários dos institutos missionários presentes em Portugal.
“São oriundos de diversos países, inclusive Portugal, já partilharam e viveram a sua fé, com outros povos e de 26 de Outubro a 3 de Novembro juntam-se à comunidade cristã de Montemor-o-Novo, para, lado a lado, partilharem a alegria do encontro com Cristo e com a sua Palavra de Vida, assinalando desta forma o mês de outubro, mês da Missão”, referiu a missionária Célia Cabecinhas ao jornal “O Montemorense”.

 

quinta-feira, 10 de outubro de 2013


CONCLUSÕES

Jornadas Missionárias – II Jornadas da Pastoral Juvenil


Em Fátima, no Centro Pastoral Paulo VI, de 20 a 22 de Setembro, decorreram as Jornadas Missionárias 2013 e as II Jornadas Nacionais da Pastoral Juvenil, organizadas pelas Obras Missionárias Pontifícias e pelo Departamento Nacional da Pastoral Juvenil.

Os participantes, cerca de quatro centenas e na sua maioria jovens, refletiram através de conferencias, workshops, partilha e testemunhos, o tema “Missão @ad gentes: Ide e anunciai”. Tendo como pano de fundo as Jornadas Mundiais de Juventude 2013 e a presença do Papa Francisco com a sua mensagem concreta e as suas atitudes, os participantes nesta jornadas chegaram às seguintes conclusões:

-O território da missão não é um espaço geográfico mas o coração de cada homem e de cada mulher, que a missão é sempre jovem e que a chave da missão e da evangelização é o testemunho.

-Tendo mudado o paradigma do conhecimento e da credibilidade da experiência religiosa, Deus continua a revelar-se, a estar presente e a manifestar-se hoje na história e nos ritmos da cultura e das suas manifestações e mutações, como sempre o fez.

-As comunidades cristãs e seus agentes, olhando para as culturas juvenis, devem fazer a descoberta de que Cristo está a atuar, a convocar-nos à abertura, ao diálogo e à conversão, sentindo-nos chamados a recuperar uma capacidade de discernir os sinais de Deus neste contexto e os apelos de conversão que Ele nos faz.

-Os jovens, como “lugar de missão,” na sua novidade e diferenças, exigem uma clarificação do que temos de relevante a dizer e de que modo o poderemos realizar.  Esta tarefa de anúncio da fé em Jesus Cristo tem que ser feita com uma vontade sincera em que a graça que nos faz viver pode fazer viver outros sem deixarem de ser homens e mulheres do nosso tempo.

-As JMJ e o apelo do Papa Francisco aos jovens “ide, sem medo, para servir” é um desafio extensivo aos cristãos de todas as idades para que a Igreja seja fiel a Cristo, viva ao jeito do Bom Pastor, e realize o seu mandato “como eu vos fiz, fazei vós também”.

-Nesta complexa situação, onde o horizonte do presente e do futuro parece atravessado por nuvens ameaçadoras, torna-se ainda mais urgente levar corajosamente a todas as realidades o evangelho de Cristo, que é anúncio de esperança, de comunhão, de proximidade, de misericórdia, de modo que ele seja luz segura que ilumina os caminhos da humanidade.

-As áreas da cultura, da economia, da família, da bioética e outros campos, alargam horizontes à missão e colocam novos desafios, exigem novas respostas, coragem e alegria para propor o encontro com Cristo, no respeito pela liberdade de cada pessoa.

As próximas Jornadas Missionárias e da Pastoral Juvenil serão nos dias 20 e 21 de Setembro de 2014.

 

segunda-feira, 1 de julho de 2013

CURSO DE MISSIOLOGIA


Estão abertas as inscrições para o Curso de Missiologia a decorrer em Fátima de 26 a 31 de agosto no Seminário dos Missionários da Consolata.

É um curso que visa a formação do missionário e, consequentemente, da Missão. Lança as bases da Teologia missionária a partir da Bíblia, história, espiritualidade e metodologia. Está estruturado de forma intensiva, empenhada e acessível. Além das conferências dos professores, a metodologia usada ajuda a criar uma dinâmica de comunhão e espirito de família: trabalhos de grupo, debates, plenários, workshops, testemunhos missionários, convívio e orações em comum.
É organizado pelos Institutos Missionários (IMAG), em colaboração com as Obras Missionárias Pontifícias, tendo vindo a preencher uma lacuna na maioria dos centros de formação da Igreja portuguesa.
É aberto a todos, mas destina-se especialmente aos membros dos Institutos Missionários, religiosos/as, sacerdotes diocesanos, missionários em férias, seminaristas e estudantes de Teologia, candidatos ao laicado Missionário e a voluntários da Missão.
 
O curso é de dois anos, mas funciona em sistema de ciclo, de maneira que o aluno pode inscrever-se e ingressar em qualquer dos anos. Os temas tratados este ano correspondem ao 2.º ano do ciclo bienal e serão ministrados pelos docentes:

D. António da Rocha Couto – SMBN;
Pe. Manuel Augusto L. Ferreira – MCCJ,
Pe. David Sampaio Barbosa – SVD;
Frei José Nunes – OP;
Irª Rita Nicolau SDSCS.

2.º Ano
- A Missão em Portugal e desde Portugal: contextos e desafios
- Diálogo Inter-religioso e Ecumenismo
- A Missão de Cristo, a Missão do Cristão  (por uma Cristologia missionária)
-  A nova Evangelização: oportunidades para a missão
  (elementos a partir da Carta Pastoral  “Como Eu vos fiz, fazei vós também”) 
- Espiritualidade missionária

O valor da inscrição é de €20, existindo número limitado de vagas, tendo como data limite para inscrição o dia 19 de agosto de 2013.

Para informações e inscrições deverá contatar-se o secretariado através do n.º de telefone

249 539 430 ou do email cursomissiologia@gmail.com

Inscrições online em 


 

sexta-feira, 21 de junho de 2013

         JORNADAS MISISONÁRIA NACIONAIS

As Jornadas Missionárias Nacionais  vão realizar-se de 20 a 22 de Setembro, no Centro Pastoral Paulo VI, em Fátima.
 
A organização é da responsabilidade da Comissão Episcopal de Missões, das Obras Missionárias Pontifícias e da CIRP.

 

segunda-feira, 3 de junho de 2013

SEMANA MISSIONÁRIA EM MONDIM DE BASTO




De 18 a 26 de Maio De 2013, no âmbito do Ano da Fé, realizou-se a Semana Missionária em várias Paróquias do Arciprestado de Mondim de Basto, tendo participado os seguintes missionários: em Mondim - Padre Jorge Amaro (Missionário da Consolata) e Irmã Conceição Pena (Franciscana de Nossa Senhora das Vitórias); em Ermelo, Campanhó e Pardelhas - Padre Feliciano, (Missionário do Verbo Divino) e Jana Veloso (Secular Comboniana); em Vilar de Ferreiros e Bilhó - Frei José Lima, (Franciscano) e Irmã Rosalina (Franciscana Missionária de Maria), e em Atei e Paradança - Padre Manuel Menezes (Missionário do Verbo Divino) e Irmã Alda (Missionária de S. José de Cluny).
Organizada pelos Animadores dos Institutos Missionários Ad Gentes (ANIMAG), em comunhão com os Párocos Rvdº Padre Manuel Machado e Rvdº Padre Manuel Guedes, esta missão teve, como objetivo, despertar as comunidades deste arciprestado do Baixo Tâmega, para a realidade missionária da Igreja como uma responsabilidade de todos Ad Intra, nas paróquias, como participantes na vida paroquial das mesma, e Ad Extra, como missionários através da oração e da partilha a favor das comunidades de missão.A Vigília de Pentecostes, realizada na Igreja de Mondim, no dia 18 de Maio pelas 21.00, para a qual foram convidadas todas as paróquias envolvidas na Missão, deu início a uma Semana de muito trabalho, em prol de um despertar missionário das consciências.Entre os dias 19 e 25 de Maio; os Missionários participaram nas diversas atividades das comunidades cristãs nomeadamente, na celebração da eucaristia, no mês de Maria, no encontro com diversos grupos apostólicos, em reflexão com as famílias, nos encontros com os grupos de jovens, no contacto com as crianças, nas catequeses, e na visita aos doentes em suas casas  e no lar.
Junto destas comunidades os missionários, para além de partilharem a sua experiência de fé e missão, também e escutaram e aprenderam com aqueles que foram ao seu encontro. O acolhimento caloroso e amigo dos Rdºs Padre Manuel Machado e Padre Manuel Guedes, bem como de todo o povo, aos missionários, deixou neles um sentimento de profunda gratidão, um motivo forte de louvor da Deus e ânimo para a sua missão evangelizadora.
Foi também de grande relevância o encontro dos missionários com todos os alunos do Agrupamento Vertical de Mondim e com todos os alunos do Centro Escolar do 1º Ciclo de Mondim e Vilarinho, nas aulas de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC). O acolhimento foi muito positivo quer por parte dos professores da disciplina (o Sr. Professor Tó Zé Pinto e as Srªs Professoras Sandra Alegre e Suzana Claro, quer por parte dos alunos, que ficaram sensibilizados com o testemunho missionários dos visitantes.

Esta Semana encerrou com a caminhada ao Alto da Srª da Graça, no Monte farinha, orientada pelo Padre Machado e com a participação dos dois arciprestados do Baixo Tâmega (Mondim e Ribeira de Pena). O Credo foi o tema desta subida, tendo havido a apresentação de várias faixas com artigos do mesmo, apresentadas pelas diversas paróquias, destes dois arciprestados, ao longo do Percurso. Chegada esta caminhada ascendente ao Largo de S. Tiago, seguiu-se a procissão com o andor de Nossa Senhora da Graça, até ao local da celebração da Eucaristia, bem lá no topo, diante do grande anfiteatro situado nas costas do Santuário Mariano.

Nesta Eucaristia Solene de encerramento, participaram os párocos do arciprestado que foi alvo desta missão, mas também os párocos do Arciprestado de Ribeira de Pena, Rvmºs Padre Joaquim e padre Carlos, os missionários envolvidos na Missão, os Escuteiros (CNE) e um imenso povo de Deus que veio dos quatro cantos do Baixo Tâmega. Presidiu o Padre Jorge Amaro que, na sua eloquente homilia, desafiou todos os presentes a serem sal e luz para o mundo, pelo testemunho de vida ao jeito de Jesus Cristo.
Após a celebração da Eucaristia, seguiu-se a consagração a Nossa Senhora da Graça, marcada pelo Hino da Ano da Fé “Credo Domine”, cantado por todos os presentes, com profunda emoção, sob a orientação do coro, formado pelos cantores das várias paróquias, e a oração de consagração rezada por todos, e feita expressamente para este momento único. Este momento apoteótico de fé, terminou com a procissão que levou a Imagem de Nossa Senhora da Graça, até à Igreja de sua veneração, no topo máximo do Monte Farinha.

                                                                                    Padre Frei José Dias de Lima OFM

domingo, 26 de maio de 2013

SEMANA MISSIONÁRIA EM MONDIM DE BASTO


 

De 18 a 26 de Maio, a Zona 1 do ANIMAG realizou uma Semana Missionária em algumas Paróquias do Arciprestado de Mondim de Basto. As quatro equipas, constituídas por um missionário e uma missionária percorreram as seguintes paróquias assim distribuídos:   

MONDIM DE BASTO
P. JORGE E IR. CONCEIÇÃO
ATEI,PARADANÇA
P. MANUEL MENEZES E IRMÃ ALDA
VILAR DE FERREIROS,BILHÓ
P. LIMA E IRMÃ ROSALINA
ERMELO, CAMPANHÓ, PARDELHAS
P. FELICIANO E JOANA

 


Iniciámos esta semana Missionaria evocando a força e ação do Espírito Santo, com a Vigília de Pentecostes.

Estando no mês de Maio, em cada dia tivemos a recitação do terço com as várias comunidades cristãs assim como a celebração da eucaristia, nas várias comunidades por onde os missionários foram passando, chegando até àquelas mais distantes, no cimo da serra ou no interior dos vales.
Todas as equipas marcaram também a sua presença na Escola de Mondim de Basto, dando o seu testemunho missionário nas aulas de Educação Moral e Religiosa Católica, desde o Primeiro Ciclo ao 12º ano. Foram momentos de intensa atividade e partilha de vida junto dos mais novos e dos professores que lecionam esta disciplina, os quais acolheram com muito agrado a presença dos missionários, assim como a Direção da escola.
Ao longo da Semana Missionária, em todas as paróquias, os missionários, visitaram os doentes em suas casas e também no Lar da Santa Casa da Misericórdia de Mondim de Basto, realizaram encontros com os vários grupos e movimentos paroquiais de jovens e adultos, e com as crianças e adolescentes da catequese.
Junto de todos partilharam a sua experiência de fé e de missão, escutaram e acolheram a experiências destas comunidades cristãs que, ficaram enriquecidas com o testemunho da vivência da fé de outros povos e culturas, todos membros da mesma Igreja de Cristo, e caminhando na fidelidade ao Evangelho.
De todos recebemos um acolhimento caloroso e fraterno, a começar pelos párocos, as famílias que nos acolheram e todos quantos, de uma maneira ou de outra, colaboraram connosco na realização desta Semana Missionaria. A todos os nosso muito obrigada.

 

terça-feira, 9 de abril de 2013

As vocações sinal da esperança fundada na fé

É com este tema que somos convidados a vier o Dia Mundial de Oração pelas Vocações, que se celebra no próximo dia 21 de Abril - IV Domingo da Páscoa, ou Domingo do Bom Pastor.
Fiquemos com algumas palavras desta Mensagem e procuremos tirar delas os desafios para a vida  e missão da Igreja.

"A esperança é expectativa de algo de positivo para o futuro, mas que deve ao mesmo tempo sustentar o nosso presente, marcado frequentemente por dissabores e insucessos. Onde está fundada a nossa esperança? Olhando a história do povo de Israel narrada no Antigo Testamento, vemos aparecer constantemente, mesmo nos momentos de maior dificuldade como o exílio, um elemento que os profetas de modo particular não cessam de recordar: a memória das promessas feitas por Deus aos Patriarcas; memória essa que requer a imitação do comportamento exemplar de Abraão, o qual – como sublinha o Apóstolo Paulo– «foi com uma esperança, para além do que se podia esperar, que ele acreditou e assim se tornou pai de muitos povos, conforme o que tinha sido dito: Assim será a tua descendência» (Rm 4,18). Então, uma verdade consoladora e instrutiva que emerge de toda a história da salvação é a fidelidade de Deus à aliança, com a qual Se comprometeu e que renovou sempre que o homem a rompeu pela infidelidade, pelo pecado, desde o tempo do dilúvio (cf. Gn 8,21-22) até ao êxodo e ao caminho no deserto (cf. Dt 9,7); fidelidade de Deus que foi até ao ponto de selar anova e eterna aliança com o homem por meio do sangue de seu Filho, morto e ressuscitado para a nossa salvação.
(...) Amados irmãos e irmãs, em que consiste a fidelidade de Deus à qual podemos confiar-nos com firme esperança? Consiste no seu amor. Ele, que é Pai, derrama o seu amor no mais íntimo de nós mesmos, através do Espírito Santo (cf.Rm 5,5).E é precisamente este amor, manifestado plenamente em Jesus Cristo, que interpela a nossa existência, pedindo a cada qual uma resposta a propósito do que quer fazer da sua vida e quanto está disposto a apostar para a realizar plenamente. Por vezes o amor de Deus segue percursos surpreendentes, mas sempre alcança a quantos se deixam encontrar. Assim a esperança nutre-se desta certeza: «Nós conhecemos o amor que Deus nos tem, pois cremos nele» (1 Jo 4,16). E este amor exigente e profundo, que vai além da superficialidade, infunde-nos coragem, dá-nos esperança no caminho da vida e no futuro, faz-nos ter confiança em nós mesmos, na história e nos outros. Apraz-me repetir, de modo particular a vós jovens, estas palavras: «Que seria da vossa vida, sem este amor? Deus cuida do homem desde a criação até ao fim dos tempos, quando completar o seu desígnio de salvação. No Senhor ressuscitado, temos a certeza da nossa esperança»" (Extatos da Mensagem de Bento XI para o 50º dia Mundial de Oraçaõ pelas Vocações - 2013)
 
 

sexta-feira, 15 de março de 2013

ECOS DA SEMANA MISSIONARIA NA DIOCESE DE LAMEGO
ARCIPRESTADO DE MEDA

 
A semana missionária de 2 a 10 de Março decorreu muito bem, segundo a avaliação feita pelos 5 párocos das 14 paróquias e nós os missionários. Eramos 6 missionários: Combonianos /as, Sociedade Missionária, Espiritanas, e Franciscanas Missionárias de Maria que percorremos as diferentes paróquias do Arciprestado.
Em comum tivemos Vigília Celebração/ penitencial, Vigília missionária, reunião de Avaliação ao meio da semana e concluímos com a chave de ouro: Celebração Via Sacra de todo o Arciprestado na Paróquia de Ranhados; isto porque neste mesmo dia o Senhor Bispo Dom António Couto terminou a sua visita a este Arciprestado.
Damos Graças a Deus, por tudo o que vivemos, aprendemos, recebemos, partilhamos, tudo foi graça, apesar do frio que fazia em Lamego/Mêda, o calor da amizade dos Párocos e paroquianos superou tudo isso. Dom Douto no dia 3  nos dizia:” Frio, um missionário nunca tem frio”. Procuramos rezar, servir, conviver na alegria da missão. Paróquias distantes desertificadas, sem crianças nem jovens, mas bem arejadas e comprometidas. Tivemos as celebrações da Eucaristia, encontros de reflexão/ oração, tendo sempre presente o lema da Diocese: ”Vamos juntos construir a casa da fé e do Evangelho”
No domingo, dia 10 terminamos com uma Solene Concelebração preparado com todo o esmero pelo pároco de Ranhados e presidida pelo Senhor Bispo Dom António Couto, e nela a recepção do Sacramento da Santa Unção, que foi vivido na emoção e alegria jubilosa. Dom António Couto assim se exprimiu na sua Homilia: ”Sinto imensa alegria por ver de perto o vosso rosto. A minha alegria por estar aqui na casa de Deus, que é também a vossa casa. Alegrar-me com a Palavra de Deus. Convidou-nos a saborearmos a Palavra de Deus, antes e acima de tudo; pois Ela não se diz, mas saboreia-se, esta é, deve ser o nosso primeiro centro de atracão: Que bom seria se nós vivêssemos sempre com o sabor da Palavra de Deus na nossa boca. É importante pôr um pouco de sabor na nossa vida de cristãos”.

Dom António agradeceu aos missionários pelo trabalho realizado neste Arciprestado da Mêda, lançando o convite para Maio em Tarouca onde irá iniciar a visita. E terminava dizendo: “ Queridos missionários e Arciprestado da Mêda, é necessário olhar para o nosso rosto, é aí que vemos o rosto de Deus. È com esse rosto que temos de olhar para os nossos irmãos que estão nos cinco continentes e que nós não conhecemos. Temos que alargar os nossos horizontes para ver o rosto de todos os irmãos do mundo. É necessário percebermos que no rosto do meu irmão(a) está o rosto de Jesus. Não podemos desperdiçar este tempo a olhar para nada. Olhai uns para os outros e aí contemplai o rosto de Deus. Irmãs e Irmãos missionários este povo precisa de ouvir a resposta de Deus, através de vós. Não vos escondais, exponde-vos por onde andais, nas ruas da nossa terra. Que as pessoas vejam em vós uma enxurrada do amor de Deus”. Ir. Glória – Espiritana  e Ir. Fernanda FMM


quinta-feira, 14 de março de 2013

BEM VINDO PAPA FRANCISCO I

O cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, de 76 anos, foi  eleito como novo Papa da Igreja Católica, no dia 13 de Março de 2013, o primeiro do continente americano, o primeiro jesuíta e também o primeiro que escolheu o nome de Francisco.
O Papa Francisco I fez-nos um pedido: “Peço-vos que rezem ao Senhor para que me abençoe". "Façamos em silêncio esta oração”. Foi um momento emocionante e que deixa desde já uma marca no inicio do seu pontificado.
 
Brevíssima resenha biográfica de FranciscoO novo pontífice é o Cardeal Jorge Mario Bergoglio, Papa Francisco I, que nasceu em Buenos Aires, na Argentina, em 17 de dezembro de 1936.

O Papa jesuíta formou-se como técnico químico, mas depois escolheu o caminho do sacerdócio e entrou para o seminário de Vila Devoto. Em 11 de março de 1958, passou para o noviciado da Companhia de Jesus. Completou os estudos humanistas no Chile e em 1963, de volta a Buenos Aires, formou-se em Filosofia na Faculdade de Filosofia do colégio máximo São José de São Miguel.

De 1964 a 1965, ensinou literatura e psicologia no Colégio da Imaculada de Santa Fé e, em 1966, ensinou essas mesmas matérias no Colégio do Salvador, em Buenos Aires.

De 1967 a 1970 estudou teologia na Faculdade de Teologia do Colégio São José, de São Miguel, onde se formou.

Em 13 de dezembro de 1969 foi ordenado sacerdote.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Semana Missionária em Meda


 
 
 Vai decorrer de 2 a 10 de Março uma Semana Missionária em Meda. São 3 equipes que  vão trabalhar  juntas em 16 paróquias. Um dos membros da Equipa Misisonária descreve-nos assim Semana Misisonária:
Iremos trabalhar sob o Lema da Diocese de Lamego: Vamos juntos construir a casa da fé e do Evangelho.
Teremos encontros com os doentes, com jovens, catequese, duas vigílias missionárias uma Via Sacra Arciprestal, Celebração Penitencial, encontro com as pessoas que vão receber o Sacramento da Santa Unção na Eucaristia Presidida pelo Sr Bispo D. António Couto.
Vamos ás escolas de 2ª a 6ª feira.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013


                           SEMANA MISSIONÁRIA

 

A Zona 2 do ANIMAG vai realizar uma Semana Misisonária, de 16 a 24 de Fevereiro de 2013, nas paróquias de Vairão, Fornelo e Fajozes, Diocese do Porto.Os Missionários, enviados para esta Semana de Missão, vão partilhar a sua experiência de fé com todo o povo de Deus,  procurando ser instrumentos para que se realize aquilo que o Santo Padre nos propõe como vivência neste Ano da Fé:
O Ano da Fé é convite para uma autêntica e renovada conversão ao Senhor, único Salvador do mundo. No mistério da sua morte e ressurreição, Deus revelou plenamente o Amor que salva e chama os homens à conversão de vida, por meio da remissão dos pecados(Bento XVI, PF 6). Deixamos aqui o programa de atividades da equipa missionária, para que possamos acompanhar, com a nossa presença orante.
 
 
16 Fev

15h – Envio Missionário – Igreja de Vairão

17,30h – Missa em Vairão

19h – Missa em Fornelo

21h – Encontro com os responsáveis das paróquias (na Igreja de cada paróquia)
 
17 Fev

8,30h – Missa em Fornelo

10h – Missa em Vairão

10,45h – Missa em Fajozes

15h – Missa em Santo Ovídio

15,30h – Oração da Tarde em Vairão e Fornelo
 
18 a 22 Fevereiro

Visita aos doentes

Visita às escolas

Almoço nas famílias

Encontro com os catequistas

Missa diária

Terço Missionário

19 Fevereiro

20,30h - Confissões em Fajozes
 
20 Fev

Encontro com os jovens das 3 paróquias em Fornelo -21h
 
21 Fevereiro

20,30h – Confissões em Vairão

 
22 Fevereiro

20,30h – Confissões em Fornelo
 
23 Fevereiro

9h – Confissões das Crianças em Fajozes

9,30h – Confissões das crianças em Vairão

10,30h – Confissões das Crianças em Fornelo

- Visita às classes de catequese

16h – Missa em Vairão

17,30h  -Missa em Fajozes

18h – Missa em Fornelo

20,30h – Via-Sacra Pública (parte de cada paróquia e termina na Capela de Santo Ovídio)
 
24 Fevereiro

8,30h – Missa na Capela de Santo Ovídio

8,30h – Missa em Fornelo

10h – Missa em Vairão

11,15h – Missa em Fajozes
 
15h – Festa Missionária para as 3 paróquias (em Fajozes)

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

REUNIÃO DO SECRETARIADO ANIMAG


No dia 16 de Janeiro de 2013, reuniu, em Fátima, o secretariado ANIMAG. Fomos acolhidos pelos Missionários  Verbo Divino. Foi a nossa primeira reunião deste ano, e também a primeira reunião com a nova Direção do ANIMAG, que foi eleita no decorrer da Assembleia anual, a saber: Presidente: Pe. Victor Dias, Missionários Combonianos; Vice-Presidente: Ir. Mª da Conceição Pena, Irmãs Franciscanas de Nª Sª das Vitórias; Secretária: Ir. Glória Lopes, Irmãs Missionárias do Espírito Santo; Tesoureiro: Pe. António Augusto de Sousa, Sacerdotes do Coração de Jesus.

Estavam presentes membros de vários Institutos que pertencem ao Secretariado ANIMAG, o Representante da Rede Fé Justiça Europa África e o Pe. David, da Diocese de Leiria Fátima Diretor das Obras Missionarias Pontificais na Diocese e coordenador do Grupo Missionário Diocesano  Ondjoyetu.

Na nossa agenda de trabalhos esteve a avaliação da Assembleia Anual, que se realizou no passado mês de Novembro. Este é sempre um momento que marca a vida e o ritmo da caminhada do ANIMAG. Tomando em consideração algumas das propostas saídas da Assembleia debruçámo-nos sobre elas, nomeadamente os subsídios para o acompanhamento dos Grupos Missionários, assim como a elaboração de um desdobrável para apresentarmos de forma mais clara e objetiva o que são  os Grupos Missionários Paroquiais. Para a elaboração deste desdobrável ficou encarregada uma equipa: Pe. António Farias, Irmã Fernanda Martins, Irmã Isabel Sousa.
Em relação aos susbsídios para acompanhamneto dos Grupos Misisonários, o Pe. Victor Dias ficou de contactar as OMP, e ver a melhor maneira de distribuir o subsidio que já existe para a animação missionária.
Foram também assunto do na nossa partilha e reflexão as várias atividades que estão programadas, e outras em programação, pelas quatro Zonas do ANIMAG.

Os desafios da missão continuam a ser muitos, e em diversas frentes. Precisamos de muita dedicação, empenho, constância e de dar as mãos com todas as forças vivas da Igreja.