segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Missões de Natal no Tovim, Coimbra






De 19 a 21 de Dezembro realizaram-se no Tovim (Coimbra) missões de Natal, preparadas pela Comunidade Missionária Servidores do Evangelho. O desafio era viver um Natal diferente: levar a alegre notícia de que Jesus nasce para todos. No dia 19, Domingo, começamos com a Missa na Capela do Tovim. Pela tarde, enchemos balões e prendemos uma mensagem de Natal em cada um deles. Estes foram depois colocados na porta de cada família do Tovim. Algumas pessoas pensaram que tinha sido a Junta de Freguesia ou que era o aniversário de alguma criança. Na verdade, até era o aniversário, mas de Jesus, e Ele queria celebrar o natal com cada família.
Na 2ª feira, depois da oração “matinal”, dividimo-nos por grupos para visitar as casas e transmitir a alegria do natal. Íamos batendo de porta em porta e com um sorriso e um desejo de “Bom Natal” deixávamos uma oração com um presépio. Algumas pessoas convidaram-nos a entrar para partilhar algumas experiências das suas vidas. Os Vicentinos da paróquia acompanharam-nos em algumas visitas pelas famílias mais carenciadas.


Depois em casa, à hora das refeições, era o momento para nós, grupo missionário, partilharmos as nossas experiências. Pelas noites vimos dois filmes que nos transmitiram uma mensagem que no futuro nos poderá ajudar.
Na 3ª feira, dia 21, continuamos a visitar as casas. E para terminar as missões preparamos um terço com petições especiais - pedindo pelas pessoas do Tovim e pelos mais necessitados de todo o mundo – e um pequeno teatro onde tentávamos transmitir que quando Jesus nasce em nós transforma as nossas relações.
Pelos comentários realizados entre nós, deu para perceber que estas missões tiveram o seu “lucro” e que nos enriqueceram como cidadãos e cristãos que somos. Ajudaram-nos a perceber que, por vezes, nos queixamos de tudo, e que não pensamos que há pessoas em piores situações e com menos possibilidades. Tivemos o caso de uma Senhora que partilhou a sua dor, mas com a nossa visita e a ajuda de Deus a sua vida começou a mudar, e assim que nos voltou a ver na rua quis partilhar connosco a sua alegria. Este gesto fez com que sentíssemos que afinal o nosso propósito foi bem sucedido e encheu-nos de força para continuar.
Assim, gostámos muito e esperamos que haja mais oportunidades destas para pudermos repetir estes momentos de partilha, estes sentimentos e estas experiências.

Alguns testemunhos dos jovens missionários

Sarah Simões (16 anos)
Adorei estes dias, foi uma experiência óptima Fiz novas amizades, convivi mais do que o habitual. Quero agradecer às Missionárias que me fizeram esta proposta.
Foram dias em que me senti muito à vontade. Vou ter saudades, pois foi divertido quase em todos os aspectos. Os filmes que vimos, também, gostei muito. Gostei de todas as actividades. Espero mesmo voltar a repetir a experiência.

Patrícia Pinho Lancha (13 anos)
Acho que foram três dias diferentes do habitual.
Gostei mais de por os balões nas casas com as respectivas mensagens de natal e de ver as pessoas alegres. O que menos gostei foi de ver muita ”pobreza” no Tovim e de ver algumas pessoas tristes com problemas familiares...
Aprendi que não devo gastar o dinheiro em bens-materiais que não necessito, pois há pessoas que necessitam desses bens materiais mais do que eu. O que mais me marcou foram algumas “histórias” que não pensei que existissem em tão grande quantidade aqui no Tovim, histórias de problemas famliares, financeiros e de saúde.
Foi uma boa expriência, gostava de repetir para o ano.

Inês Leão Alte da Veiga (12 anos)
Gostei muito destes três dias, foram muito giros e no fundo acabámos por ajudar outras pessoas.
O que mais gostei nestes dias foi de ver os filmes “ Bella” e “A vida é bela” foram muito giros e aprendi muito com eles e o que menos gostei foi de ver que muitas vezes peço um bem material, enquanto que outras pessoas aqui, no Tovim, pedem alimentos, medicamentos e outras coisas com que sem elas não vivemos o nosso dia-a-dia.
Aprendi que existem muitas pessoas aqui que vivem com poucas condições e eu estou sempre a queixar-me do que não preciso ou o do que já tenho. A mim, marcou-me algumas histórias da vida de algumas pessoas.
Existem muitas pessoas com problemas de saúde, com falta de alimento e com problemas familiares muito graves. A meu ver, existem muitas pessoas pobres aqui no Tovim e, nós nunca notamos que existem tantas pessoas pobres mesmo ao nosso lado.

Comunidade Missionária Servidores do Evangelho (Coimbra)

1 comentário: