domingo, 29 de maio de 2011

“Eu pedirei ao Pai que vos dê outro Defensor que esteja sempre convosco, o Espírito da verdade”


Jesus, como nos amas! Que consagraste cada momento da Tua vida para que nós entendêssemos o Teu amor até ao final vida desde o Teu nascimento, passando pela vida oculta, pelos três anos de anúncio, até à Tua morte e ressurreição, foi por nós. E hoje continuas a demonstrar o Teu amor, e por isso prometes-nos um DEFENSOR, o Espírito da verdade. Tu sabes, senhor, que sem um defensor é muito difícil viver como cristãos. Sem um Defensor nada podemos fazer! Por vezes dentro de nós vivem tantos acusadores, e os mais fortes são as nossas exigências, medos, as metas que colocamos e que nem sempre conseguimos alcançar.

Por vezes a maior acusação vem dos nossos pensamentos, das queixas, dúvidas, arrependimentos por tudo o que não podemos fazer. E Tu, Senhor, conheces tudo isto que vivemos por dentro, por isso vês que necessitamos de Alguém que nos defensa, assim envias-nos o Defensor, pois tudo isto paralisa-nos, e impede-nos de sermos livres para amar.


Os discípulos, também, necessitaram desse Defensor, para perder o medo e anunciar a verdade. Eles necessitaram do Defensor para sair e testemunhar a ressurreição de Jesus, e para ir pelo mundo fora mostrando, com as Suas vidas, a misericórdia de Jesus.

Humildemente aproximamo-nos de Ti, Senhor, para pedir-Te que nos sigas dando as forças do Teu Espírito, para viver como cristãos no quotidiano e para definir-nos com as nossas opções.

Sim, Senhor, necessitamos do Espírito que nos defenda do olhar negativo, do derrotismo, do medo e do desânimo. Senhor, nas tentativas de lutar, seguir e caminhar por vezes experimentamos um peso que nos impede de avançar, e deixamo-nos vencer pelo cansaço. Somos pobres criaturas e não sabemos esperar, quanto gostaríamos que as situações se resolvessem rapidamente!

Jesus quando diz que pedirá ao Pai que nos envie outro defensor, fala que pedirá ao Pai e que Ele no momento oportuno o enviará. Assim, Ele quer recordar-nos o que significa ser pacientes, esperar pois o Espírito virá, e actuará nos nossos corações, nas nossas famílias. O Espírito virá e em silêncio vai trabalhando. São Pedro diz: “A paciência de Deus é a nossa salvação”. Como é verdade esta frase! Quantas vezes gostaríamos de mudar as situações mudassem de um dia para outro, ou ajudar a mudar as pessoas, mas Deus não actua assim. Jesus pede ao Pai por tudo isso e espera que a força do Espírito transforme o que humanamente é impossível.

Senhor, obrigada por estas palavras tão consoladoras: “Não vos deixarei desamparados. Eu voltarei a vós! Ainda um pouco e o mundo já não me verá; vós é que me vereis, pois eu vivo e vós também haveis de viver”.(cf. Jo14, 18-19) Obrigada, Senhor porque conheces o mais profundo do nosso coração, e sabes como nos perdemos quando nos sentimos desamparados. Obrigada porque não nos deixas órfãos.

2ª feira (Jo 15,26-16,4a) “Quando vier o Defensor, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, e que Eu vos hei-de enviar da parte do Pai, Ele dará testemunho a meu favor. E vós também haveis de dar testemunho, porque estais comigo desde o princípio.”

Espírito Santo fortalece o nosso coração para sermos testemunhas do amor que recebemos de Jesus. Queremos dar testemunho de amor, de unidade, de fraternidade. Espírito Santo, Espírito de verdade como te chama Jesus, recorda-nos que a maior verdade é que temos um mesmo Pai, e que por isso todos somos irmãos. Somente quando vivamos o amor mútuo e a comunhão é que o mundo poderá crer. Espírito Santo cura as nossas feridas de comunhão, dá-nos a valentia para acreditar que Tu necessitas de cada um de nós. E ajuda-nos a acreditar que as nossas pequenas tentativas são muito valiosas para Ti, e que são o pequeno testemunho que muitos necessitam, pois são manifestação da Tua presença no mundo.

3ª feira: (Lc 1, 42-45) “«Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. E donde me é dado que venha ter comigo a mãe do meu Senhor? Pois, logo que chegou aos meus ouvidos a tua saudação, o menino saltou de alegria no meu seio. Feliz de ti que acreditaste, porque se vai cumprir tudo o que te foi dito da parte do Senhor.»"

Hoje celebramos o dia da Visitação de Maria a Isabel. Oxalá possamos ter a mesma experiência que teve Isabel! Que o nosso coração possa saltar de alegria, e que tudo se possa transformar com a presença da Virgem Maria. Que nos deixemos olhar por Maria, Ela que é uma boa Mãe e que nos acolhe em todos os momentos da nossa vida. Maria, boa Mãe, dá-nos um ouvido atento para que o Espírito Santo, que habita em Ti, desperte no nosso interior os Teu mesmos desejos de amar e servir a Jesus, para que Ele viva mais em nós.


4ª feira: (Jo16, 13)Quando Ele vier, o Espírito da Verdade, há-de guiar-vos para a Verdade completa.”

Senhor, queremos pedir-Te que nos ajudes a reconhecer o Teu Espírito para que seja Ele que nos guie. Nós não sabemos como chegar á verdade plena, não sabemos ser objectivos connosco próprios nem com os outros. Por isso, pedimos-Te que nos dês um coração aberto ao Espírito e, um ouvido dócil à Sua voz.

5ª feira: (Jo 16,16-29)Em verdade, em verdade vos digo: haveis de chorar e lamentar-vos, ao passo que o mundo há-de gozar. Vós haveis de estar tristes, mas a vossa tristeza há-de converter-se em alegria!”

Hoje diz-nos que o nosso pranto se transformará em alegria. Há tantas coisas que nos fazem perder a alegria, Senhor. Ajuda-nos a acreditar na Tua promessa: que a nossa tristeza se transformará em alegria. Colocamos nas Tuas mãos tudo o que nos entristece e nos tira a paz. Espírito Santo que te deixemos actuar nos nossos corações para que se possa dar essa transformação.

6ª feira: (Jo 16,20-23a) A mulher, quando está para dar à luz, sente tristeza, porque chegou a sua hora; mas, quando deu à luz o menino, já não se lembra da sua aflição, com a alegria de ter vindo um homem ao mundo. Também vós vos sentis agora tristes, mas Eu hei-de ver-vos de novo! Então, o vosso coração há-de alegrar-se e ninguém vos poderá tirar a vossa alegria.”

Senhor, necessitamos viver confiando nestas palavras que nos dizes. Estas palavras já foram encarnadas por tantas pessoas que, ao longo da história, acreditaram em Ti! Tudo passa, os momentos de dor e de aflição também passam. E Tu prometes-nos a alegria da Tua presença. Ajuda-nos a levantar o olhar, porque por vezes ficamos mergulhados nos acontecimentos dolorosos e perdemos a esperança. Dá-nos a alegria que permanece.

Sábado: (Jo 16, 23b-28) “Em verdade, em verdade vos digo: se pedirdes alguma coisa ao Pai em meu nome, Ele vo-la dará. Até agora não pedistes nada em meu nome; pedi e recebereis. Assim, a vossa alegria será completa.» “

Senhor, ensina-nos a pedir ao Pai que nos dê o que necessitamos para viver essa alegria. Como não sabemos pedir o que nos convêm acudimos a Ti. Espírito Santo vem e ora em nós, pede por nós ao Pai a alegria, pois nós nem sabemos pedir nem mantê-la no coração. Há muitas coisas que nos tiram a alegria durante o dia, por isso dá-nos a verdadeira alegria, essa que ninguém nos pode roubar.

Comunidade Missionária Servidores do Evangelho

Sem comentários:

Enviar um comentário